Trabalhando para trazer o melhor a voçê

tribullus terrestris,anabolizante e viagra natural

Um dos principais benefícios de uma vida sexual prazerosa,vai direto ao coração e artérias. De acordo com um estudo da Universidade de Bristol,na Grã-Bretanha,a prática sexual ajuda a diminuir em 50% a possibilidade de infartos e derrames entre as pessoas. Amar é a forma mais gratificante de se manter jovem.Cientistas escoceses entrevistaram mulheres que não aparentavam sua idade real e descobriram que a principal razão era a boa qualidade de vida sexual. Os distúrbios femininos mais comuns na área da sexualidade são a falta de desejo, ausência de orgasmo e dificuldade para se excitar. Estudos mostram que uma grande maioria das mulheres apresentam diminuição da libido,devido a fatores estressantes do dia-a-dia e também na fase do climatério,quando ocorrem certos desequilíbrios hormonais. A ansiedade e o estresse também são responsáveis pela maior porcentagem de perda da libido e impotência nos homens. Existe um estresse que é normal e faz parte da nossa vida; nada contra ele. Mas o estresse cumulativo desgasta em muito,nosso corpo e mente,refletindo muitas vezes, na diminuição ou ausência do desejo sexual. Existe agora,disponível no Brasil, um extrato seco de uma planta oriental, denominada "Tribullus terrestris",uma opção natural que vem ajudar as pessoas no tratamento de distúrbios da libido.
"TRIBULLUS TERRESTRIS''
DESCRIÇÃO
Tribullus terrestris L. é uma planta medicinal anual amplamente utilizada para tratamento de deficiências sexuais na Bulgária, na China e na Índia. O extrato contém saponinas esteroidais , alcalóides, resina, óleos insaturados, taninos, açúcares, esteróis, óleo essencial, potássio e nitrato, flavonóide tribulosídeo, fotodioscina e tribulusamidas A e B. O extrato consiste num pó fino, de cor marrom amarelada. Teor de saponinas: 45%.
PROPRIEDADES
Relatórios clínicos apresentam efeitos positivos sobre a função eréctil e no aumento da libido. Além disso, Tribullus aumenta a mobilidade e o número de espermatozóides, e os níveis corporais de testosterona e LH. Em mulheres, melhora o desempenho sexual, estimula a ovogênese e apresenta benefícios na síndrome pós-menopausa e esterilidade endócrina. O extrato também possui efeito hepatoprotetor, estimulante do crescimento de melanócitos e alivia espasmos da musculatura lisa.
AÇÕES
Tribullus terrestris é considerado um hormônio não-esteroidal, que aumenta a testosterona, aumenta os níveis do hormônio luteinizante (L.H.), FSH e estradiol. Os níveis de testosterona são aumentados na presença de androstenodiona e DHEA. Estudos comprovam que quando administrado em homens saudáveis de 28 a 45 anos, em 3 doses de 250mg ao dia, ocorre um aumento de 41% dos níveis de testosterona no decorrer de 5 dias. Além da elevação da testosterona, há um aumento na libido, freqüência e força das ereções e recuperação da atividade sexual. Reduz os níveis de colesterol e melhora de humor. Em mulheres, diminui os sintomas da frigidez sexual, aumenta a libido e reduz os sintomas da menopausa. Possui significante atividade diurética e inibe a formação de pedras nos rins, bem como atua em casos de espermatorréia, fosfatúria, doenças genito-urinárias como disúria, cistite crônica, desordens urinárias , incontinência urinária, gota, e também em desordens uterinas após o parto. Útil em diabetes, infecções respiratórias do trato inferior e superior e problemas cardíacos. Também mostrou reduzir a pressão arterial, e mostrou um efeito analgésico.
ESTUDOS CLÍNICOS
Libido e função sexual: Tribullus mostrou-se eficaz em estudo envolvendo 212 pacientes com redução da libido. Após o uso de Tribullus, 85% dos pacientes mostraram aumento da libido após 30 dias de tratamento, e 94% após 60 dias de tratamento. Em estudos com animais, os reflexos sexuais e a libido foram restaurados em 71% dos animais com total ausência da libido e em 100% dos animais com baixa libido. Em pacientes humanos com hipogonodismo primário e secundário, 78% conseguiram recuperar e aumentar a libido, e 22% reportaram melhora na ereção.
Função pró-eréctil: Os efeitos da fotodioscina sobre o tecido do corpo cavernoso de coelhos brancos neozelandeses, foram avaliados. O estudo conclui que a fotodioscina possui uma atividade pró-eréctil. O aumento do efeito relaxante observado se deu provavelmente devido a um aumento na liberação de óxido nítrico das terminações do endotélio e do nervo nitrérgico, o que pode justificar as alegações de que Tribullus é afrodisíaco.
Espasmos e cólicas: Um estudo avaliou a ação de Tribullus em preparações de músculo liso, in vitro. Uma mistura de saponinas liofilizadas de Tribullus causou diminuição significante nos movimentos peristálticos de amostras de uretra de ovelhas e jejuno de coelhos, de forma dose-dependente (p<0,05). O estudo sugere a eficácia de alguns tipos de espasmos da musculatura lisa ou em dores causadas por cólicas.
Efeito citoprotetor/Vitiligo: Um estudo apontou efeitos citoprotetores em culturas de hepatócitos murinos. Os efeitos protetores de um polissacarídeo de Tribullus terrestris contra danos genéticos foi investigado pela Universidade de Medicina Tradicional de Pequim, China. Num estudo sobre vitiligo, o extrato de Tribullus foi aplicado em cultura de células melan-a, para analisar o estímulo à produção de melanócitos. Um estímulo significante (p<0,05) da proliferação de melanócitos foi observado, com o uso de um extrato aquoso de Tribullus terrestris.
PRINCIPAIS INDICAÇÕES
· Aumento da libido, da mobilidade e número de espermatozóides, dos níveis de testosterona e LH; efeito pró-eréctil;
· Melhora o desempenho sexual feminino e a ovogênese; tratamento da síndrome pós-menopausa.
OUTRAS INDICAÇÕES
· Aumento do crescimento e força muscular;
· Contra espasmos musculares e dores causadas por cólicas;
· Ação hepatoprotetora e contra danos genéticos;
· Pode ser útil para o tratamento do vitiligo, topicamente utilizado em feridas, eczemas, faringites e para odontopatias.
· Todas as desordens do trato genito-urinário, aumento da libido em homens e mulheres (Afrodisíaco), redução dos níveis de colesterol, melhora do humor, impotência, aumento da massa muscular em atletas, estimulação do sistema imunológico.
· Redução dos sintomas da menopausa, estímulo da ovulação, antiinflamatório, tônico, tratamento de anorexia, cardiotônico e estimulante do apetite.
CONTRA-INDICAÇÕES / TOXICIDADE
Gravidez, lactância, câncer de próstata e hepatopatias. Estudos não apontaram toxicidade aguda, sub-aguda ou crônica. Também houve ausência de efeitos carcinogênicos ou teratogênicos. Nenhum efeito adverso foi notado em estudos clínicos.
POSOLOGIA
Cápsulas: Recomenda-se o uso de 250 a 750mg/dia de Tribullus . Dose máxima: 1500mg/dia.

História do Tribulus Terrestris

O Tribulus Terrestris erva natural, comumente conhecida como a videira da punctura (picada ou ferimento feito com punção) que tem sido usada durante séculos na Europa para tratamento da impotência e como um estimulante para ajudar a aumentar o impulso e o desempenho sexual. Como apoio atlético, esta potente erva tem sido observada e estudada para realçar a produção do LH (hormônio luteinizante) e impulsionar os níveis de testosterona. Este poderoso extrato, como DHEA e Androstenediona, pode ajudar a elevar os níveis de testosterona sem perigo e seus efeitos têm sido cobiçados pelos atletas búlgaros durante décadas.

O Instituto Químico-Farmacêutico em Sofia, na Bulgária, conduziu estudos clínicos com Tribulus Terrestris, que mostraram uma melhoria nas funções reprodutoras, incluindo aumento na produção de esperma e testosterona em homens.

Nas mulheres verificou-se um aumento da concentração de hormônios, incluindo o estradiol, com alteração ligeira da testosterona e melhoria da função reprodutora, libido e ovulação.

Um estudo envolvendo indivíduos saudáveis que tomaram 750mg/dia de Tribulus Terrestris, avaliaram as respostas hormonais que revelaram aumentos de LH de 14,38 ml/U/ml para 24,75mI/U/ml. A testosterona livre nos homens também aumentou de 60ng/dl para 84,5ng/dI3.

Outro estudo realizado em mais de 200 homens que sofriam de impotência, revelou que muitos dos homens experimentaram aumento dos níveis de LH e testosterona, da produção de esperma e da sua motilidade.


Mecanismo de ação do Tribulus Terrestris

O Tribulus Terrestris provoca vasodilatação na região genital, o que pode explicar os seus efeitos sobre a ereção. Pode aumentar ainda a contagem de espermatozóides, bem como a sua motilidade, podendo, por isso, ser um auxiliar precioso para tratar a infertilidade. Em mulheres, diminui os sintomas da frigidez sexual, aumenta a libido e reduz os sintomas da menopausa.

Ao aumentar as concentrações plasmáticas de testosterona, aumenta também produção de músculo como efeito anabólico. A testosterona é vital porque desempenha vários papéis essenciais no nosso organismo, em especial, a síntese de massa muscular, com os conseqüentes ganhos de força.


Indicações de uso do Tribulus Terrestris

" Eficaz no aumento da produção de TESTOSTERONA;
" Estimulante para aumentar o IMPULSO SEXUAL; (ambos os sexos)
" Aumento da FORÇA e MASSA MUSCULAR em atletas; (efeito anabólico)
" Diminui a FRIGIDEZ SEXUAL em mulheres;
" Aumenta a quantidade e a motilidade de espermatozóides; (fertilidade)
" Possui efeito hepatoprotetor;


Quais as vantagens em usar Tribulus Terrestris

Como DHEA e Androstenediona, Tribulus Terrestris pode naturalmente favorecer a produção da testosterona. Testosterona é vital porque ela desempenha vários papéis essenciais em nosso corpo, incluindo a construção do músculo e força. Atletas estão usando Tribulus Terrestris para ajudar a garantir que seus níveis deste hormônio natural estejam nos níveis normais em qualquer tempo. Isto pode, portanto, garantir que os níveis de testosterona sejam mantidos completos na plataforma natural e sem o uso de drogas perigosas como os esteróides. Vale ressaltar que esta planta não é proibida pelo COI (Comitê Olímpico Internacional).


Qual a dosagem recomendada de Tribulus Terrestris

Por enquanto não existe um guia definitivo sobre a quantidade de Tribulus Terrestris que deverá ser tomada. Há diferentes diretrizes sugeridas por especialistas no campo médico. A mais sugerida é 250-750 mg por dia, tomada uniformemente durante todo o dia.

Igualmente como qualquer suplemento, cautela deverá ser exercida quando pensar em tomar Tribulus Terrestris. Nos estudos das pesquisas feitas nenhum efeito adverso foi notado proveniente do uso de Tribulus Terrestris. Além disso, em pesquisa adicional, nenhum efeito adverso foi demonstrado sobre o sistema nervoso ou cardiovascular. Até este momento nenhuma toxicidade ou efeito negativo ocorreu quando Tribulus Terrestris é usado como suplemento nutricional.

Não há nenhum indício que mostre conclusivamente qual deveria ser a dosagem ótima e a duração de Tribulus Terrestris. Muitos estudos das pesquisas feitas usaram 750 mg de Tribulus Terrestris por curto período de tempo. Ao contrário de DHEA e Androstenediona, Tribulus Terrestris não é produzido pelo corpo, contudo, o uso prolongado poderia "minimizar" seus efeitos e fazê-lo menos potente. O uso a longo prazo e seus efeitos ainda não foram estudados, portanto, "ciclar" Tribulus Terrestris pode ser vantajoso.

Existem diferentes maneiras de "ciclar" que têm sido usadas como rotina. Estas incluem um ciclo de 3 semanas usando, seguido de outro ciclo de l a 3 semanas sem uso, ou uma dosagem padrão com ciclo decrescente, tal como 4 a 6 semanas "on" (usando) seguido por 3 a 6 semanas "off" (sem usar). Como é o caso com toda suplementação, a melhor decisão é a chave do sucesso. Conhecer seu corpo e seus limites é tão decisivo para a própria suplementação como é para o próprio treinamento.
Tribulus Terrestris com 40% de saponina oferece o mais elevado nível de resultado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário