Trabalhando para trazer o melhor a voçê

Samsung se tornou a maior marca mundial de celulares, ultrapassando Nokia


Samsung no primeiro trimestre se tornou a maior marca mundial de celulares pela primeira vez, ultrapassando antigo líder de mercado Nokia.

No segmento de smartphone, Samsung ficou em segundo lugar, atrás da Apple, de acordo com a empresa de pesquisas iSuppli IHS.

O sul-coreano gigante da electrónica enviados 92 milhões de celulares em todo o mundo no primeiro trimestre, em comparação com 83 milhões para a Nokia. Enquanto as vendas da Samsung caiu 13 por cento desde o quarto trimestre de 2011, a Nokia caiu 27 por cento.

No segmento de smartphones, a Apple enviados 35 milhões de unidades no primeiro trimestre em comparação com 32 milhões para a Samsung. Embarques de smartphones da Apple caiu 5 por cento desde o quarto trimestre, em comparação com 11 por cento para a Samsung.

No primeiro trimestre, queda nos embarques de smartphones e celulares refletem padrões normais sazonais, em que as vendas diminuem após o período de férias de pico no quarto trimestre.

"Com os celulares já representam mais de 40 por cento da receita global da Samsung, é claro que a continuidade dos investimentos da empresa em hardware e software do smartphone R & D estão pagando", disse Wayne Lam, analista sênior de comunicações sem fio em IHS. "A empresa não é apenas a aproveitar-se mudança no mercado de smartphones, mas também é sucesso em outras categorias de produtos de telefonia celular, permitindo-lhe captar a liderança do mercado global."

Lam observou que o desempenho da Samsung foi ainda mais impressionante porque o seu mais recente aparelho Galaxy S III ainda está para ser lançado, com embarques previstos para começar em maio. "Isso indica Samsung é susceptível de fazer mais progressos na quota de mercado em 2012", disse ele.

Com a Samsung a tomar a posição de liderança, ele vai marcar a primeira vez desde 1998 que a Nokia não tem sido a marca número 1 no mercado de celulares global, IHS disse.

"Samsung superação da Nokia pela liderança do mercado de celulares representa não só uma troca de guarda entre as marcas de celulares, mas também uma mudança fundamental na estrutura do mercado sem fio", disse Ian Fogg, analista principal sênior, móvel, para IHS. "Crescimento do mercado celular está agora a ser gerado exclusivamente pelo segmento de smartphone, e não pelos telefones metragens, de nível de entrada celulares e ultra-baixo custo aparelhos que haviam alimentado a expansão da indústria na década anterior."

Smartphones representaram 34 por cento dos embarques de celulares da Samsung no primeiro trimestre; smartphones eram apenas 14 por cento das vendas da Nokia.

Os smartphones são o único segmento do negócio de telefone celular mundial deverá crescer em 2012, IHS disse. Globais embarques de smartphones são estimadas a subir 35 por cento este ano, enquanto as vendas para telefones metragens, de nível de entrada telefones e ultra-baixo custo aparelhos deverão diminuir. Como resultado, o segmento de smartphones será o único responsável para a expansão global de negócios de celular de 7,4 por cento em 2012.

No próximo ano, os embarques de smartphones vão subir para a conta por mais de metade de todos os telefones celulares pela primeira vez, em 52 por cento, acima dos 43,5 por cento em 2012, IHS previsto.

(C) 2012 o Los Angeles Times

Visite o Los Angeles Times em www.latimes.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário